Ecorodovias apoia campanha Janeiro Roxo e impacta centenas de milhares com mensagens de conscientização nas praças de pedágio

Janeiro Roxo: Instituto Aliança Contra Hanseníase promove campanha de conscientização da doença
14 de janeiro de 2020
Fundadora do AAL comparece à capacitação de profissionais de saúde no Mato Grosso
5 de fevereiro de 2020

No último domingo (26), Dia Mundial Contra à Hanseníase, rodovias administradas pelo Grupo EcoRodovias exibiram mensagens de conscientização sobre a doença.

O Grupo Ecorodovias participou da campanha Janeiro Roxo 2020, em parceria com Instituto Aliança Contra Hanseníase. Por meio de mensagens postadas nas contas do Twitter de concessionárias do Grupo e em painéis eletrônicos de rodovias administradas pela companhia, a empresa contribuiu com a missão do Instituto Aliança Contra Hanseníase de tornar a causa mais conhecida pelos brasileiros.

Centenas de milhares de pessoas foram impactadas nas estradas com as mensagens “Janeiro Roxo: Todos contra hanseníase. Observe as manchas em seu corpo e procure um médico” e “Janeiro Roxo é Aliança Contra Hanseníase. Tire essa mancha Brasil”,  que foram expostas em paineis visíveis a motoristas e passageiros que circularam no último domingo (26) pelas rodovias Ayrton Senna/Carvalho Pinto e Sistema Anchieta e Imigrantes no estado de São Paulo e rodovia BR 277, no interior e no litoral do estado do Paraná. Só na rodovia Ayrton Senna/Carvalho Pinto, houve fluxo de 219 mil veículos.

Dos perfis do Twitter, destacamos o da @_ecovias que conta com 180 mil seguidores e divulgou a mensagem “A hanseníase ainda é uma dor do Brasil atual, 2º país com maior número de casos no mundo. Janeiro é o mês de se amarrar na Aliança Contra a Hanseníase! Vamos tirar essa mancha do Brasil. #JaneiroRoxo. Saiba mais emhttp://aliancacontrahanseniase.org“, que foi acompanhada de uma foto de duas mãos dadas em sinal de solidariedade e união, ambas com a fitinha da campanha presas ao punho.

O apoio da Ecorodovias é parte da campanha Janeiro Roxo, realizada por diversas iniciativas com o objetivo de conscientizar e alertar sobre a incidência e dos riscos da doença. Além disso, o Instituto AAL pretende combater o preconceito e o estigma social sofrido pelos pacientes de hanseníase. Ao longo do mês de janeiro, a instituição distribuiu 4 mil fitinhas da campanha em diferentes estados brasileiros onde possui parceiros na área de saúde e pesquisa científica. A Sociedade Brasileira de Hansenologia (SBH), que é parceira do Instituto AAL, também endossa a campanha e é a criadora da bandeira #TodosContraHanseníase.

Confira fotos da campanha:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Português